20 anos de PlayStation, confira sua história e trajetória

por em 3 de dezembro de 2014
 

Os primórdios da ideia da “estação de jogos” vêm de muito antes do fatídico dia de seu lançamento. Vamos ao ano de 1988. A Nintendo planejava uma expansão de CD-ROM para o Super Nintendo, que seria lançado em 90, tendo sido a própria Sony quem havia desenvolvido o chip de som para o SNES.

Durante o projeto, a Nintendo e a Sony entraram em desacordo, pois a Sony queria uma porcentagem das vendas do SNES e dos jogos, que não foi uma condição aceita pelo outro lado. A Nintendo então fez acordo com a Philips, deixando a Sony de lado (para a nossa alegria).

primeiro protótipo do playstation em parceria com a Nintendo

PlayStation X, quase um SNES com CD

UPDATE 03 de Julho de 2015: Foi divulgado um vídeo de um usário dizendo ter um dos protótipos deste vídeo game, mas é difícil dizer que seja algo verdadeiro ou apenas uma réplica feita com base em uma foto, pois o vídeo não é de muita qualidade e o aparelho não possui cabo de força para ser ligado, vejam e dêem sua opinião

 

PlayStation

 

O “Play Station X” já estava em estágio avançado de desenvolvimento, então o santo engenheiro da Sony, Ken Kutaragi, conseguiu levar o projeto adiante e lançou no mercado, há exatos 20 anos, o Play Station, totalmente independente da Nintendo e com um grande apoio da EA com a linha EA Sports.

O console contava com uma CPU de 33,8 Mhz com barramento de 32bits; uma GPU de 53,2 MHz; memória RAM principal de 2MB; rodava 16,7 milhões de cores a uma resolução de 256×224 à 640×480 (e o povo reclama dos vídeos do Youtube); rodando 360.000 polígonos por segundo. A mídia utilizada era o próprio CD, com 700MB de capacidade, que foram logo superados por jogos como Gran Turismo 2, que trazia 2 discos e, Final Fantasy VII, VIII e IX, que traziam 3 discos cada.

Playstation One, ou Play 1 para os íntimos.

PlayStation One, ou Play 1 para os íntimos.

Vários jogos ajudaram para o boom do Playstation, bem como o custo para a produção das mídias em disco. Tivemos o surgimento de grandes títulos como Resident Evil, Silent Hill, Crash Bandicoot, Tomb Raider, Medal of Honor, Dino Crisis, Syphon Filter, Twisted Metal e o favorito de todos, com quase 11 milhões de cópias vendidas, sendo o jogo mais vendido para o console: Gran Turismo.

O controle original do Playstation foi o primeiro a trazer 2 pares de botões de ombro e, não, ele ainda não tinha analógicos, nem motores de vibração, mas era o mais ergonômico na época. Em 1997, com o console no topo das vendas, a Sony decidiu lançar um Upgrade de seu joystick. A Sony lançou o DualShock. Além das 2 alavancas analógicas, o controle contava com um sistema rumble, que fazia o controle vibrar dependendo do que acontecia com o jogo. Além disso, agora era possível o movimento de intensidade variável. Por exemplo: Em Gran Turismo, o esterçamento do volante e a intensidade de aceleração e frenagem eram manipuladas dependendo da intensidade que se pressionava o controle (Wow).

Playstation 1 Slim

PlayStation 1 Slim

Até o ano de 2006, quando parou de ser produzido, o PlayStation havia ultrapassado a marca dos 100 milhões de consoles vendidos, sendo o console mais vendido da quinta geração e o terceiro mais vendido da história.

Playstation 2

Lançado originalmente no japão no dia 4 de março de 2000, o Playstation 2 não foi o primeiro console da sexta geração, mas foi o que mais vendeu, e como vendeu. Tivemos ao todo mais de 155 milhões de unidades vendidas entrando para a história como o console mais vendido de todos os tempos.

playstation-2-11403881

PlayStation 2

A biblioteca de jogos é simplesmente interminável. Existem títulos de todos os gêneros e tivemos o nascimento de franquias até hoje consagradas como Killzone e God of War.

A primeira versão do PS2 (a que possuo) possuía um design totalmente inovador e com um aspecto futurista, que a mim lembra bastante a arma do Robocop. As versões Slim que seguiram reduziram bastante o tamanho do console e vieram com um upgrade de processamento, entretanto, pecavam no arrefecimento. Digamos que o “Fat” Playstation 2 sequer esquentava após horas de jogo, o que tornava possível as corridas de resistência presentes no Gran Turismo.

Play 2 Slim

Play 2 Slim

Apesar do que muitos pensam, o PS2 não era o console mais poderoso da época. Apenas à título de comparação com seus outros 2 concorrentes, o PS2 era menos poderoso que o Xbox e o GameCube.

Tinhamos um processador de 295 Mhz com 128bits de barramento e de 299 Mhz no Slim, com o mesmo barramento. 32MB de memória RDRAM. A GPU rodava a 147,5 Mhz e conseguíamos o ótimo desempenho de 75 milhões de triângulos por segundo. Agora a mídia utilizada era o DVD padrão de 4,7GB, contudo alguns jogos utilizem DVDs de camada dupla, como é o caso do God of War. O novo DualShock agora separava a entrada analógica da digital (se tinha algum jogo do PS1 que faz isso, simplesmente desconheço) e teve uma melhora com relação à intensidade de pressão nos botões.

Listando alguns clássicos do console, adicionem alguns que eu possa não ter mencionado, temos ICO, Shadow of The Colossus, Jak and Daxter, Ratchet & Clank, God of War, Killzone e SOCOM.

O PS2 também trouxe sistema de multimídia, que possibilitava a reprodução de filmes em DVD e álbuns de música em CD no próprio console, para tanto, existia um acessório em formato de controle remoto poderia ser adquirido separadamente.

PlayStation Portable

Em 12 de dezembro de 2004, é, PSP também está velho e chegando aos 2 dígitos de idade, foi lançado o console portátil da Sony, o PlayStation Portable.

A Sony se aventurou no mercado dos portáteis, onde a Nintendo dominava. O PSP foi muito bem aceito e ganhou grandes títulos também, embora não tenha superado seu rival, o Nintendo DS, o PSP marcou nossas vidas.

PSP

PSP

Vendendo ao todo mais de 68 milhões de unidades, o PSP tinha em seu capô um processador de 333MHz e uma GPU de 166 MHz. Tinha uma tela de 4,3” com 480×272 pixels. Parece pouco hoje, mas na época isso era o que havia de melhor. A mídia escolhida pela Sony para os jogos foi a UMD (Universal Media Disc) que possuía uma capacidade de 900MB e, no caso dos camada dupla, 1,8GB, o que superava, e muito, a capacidade de 512MB dos cartuchos do DS.

Em 2007 foi lançado o PSP 2000. Houve uma grande diminuição no tamanho e no peso, ganhando uma melhoria no desempenho (com acréscimo de memória RAM) e, um mês depois, o lançamento do PSP 3000 com o acréscimo do microfone (sério, só isso que muda). Em 2009 tivemos a primeira tentativa de console livre de mídias com o PSP Go. Ele parecia um celular com tela deslizável que dava espaço para os botões de comando, mas não foi bem sucedido (Graças a isso o atual PSVita ainda utiliza mídia física).

Listando alguns clássicos do PSP temos God of War Ghost of Sparta, Daxter, Gran Turismo, Final Fantasy Tactics, GTA, Manhunt, Star Wars: The Force Unleashed e vários outros títulos, que inclusive foram lançados, também, para PS3 e Xbox 360.

PlayStation 3

Com o sucesso astronômico do PlayStation 2 a Sony lançou com muito otimismo o seu sucessor, o PlayStation 3, em 23 de março de 2007.

Agora tínhamos a PSN de forma presente nas nossas vidas de Gamers e o processamento foi para as nuvens. Tinhamos agora um processador de 3,2GHz com 512 MB de memória RAM (sendo 256 de Vídeo e 256 do Sistema). A GPU trabalhava com 550Mhz, entretanto, a arquitetura do PlayStation 3 dificultava um pouco a vida dos desenvolvedores. O que acabou dando forças à seu rival direto, o Xbox 360.

play-3

As vendas dessa sétima geração foram mais sofridas, vendendo ao todo 83 milhões de unidades (até Julho de 2014). Entretanto, para vantagens do PS3, agora possuíamos BluRay com uma capacidade total de 50GB (25GB por camada). O DualShock3 trouxe algumas novidades também. Agora funcionava sem necessidade de conexão cabeada com o console, trazia bateria embutida no controle com possibilidade de recarga via USB (do próprio Console), trouxe botões de ombro (L2 e R2) com profundidade e o novo sistema SIXAXIS, que permitia ao controle o reconhecimento de movimentos (inclinação e aceleração).

Playstation 3 versão Slim

PlayStation 3 versão Slim

Dentre os títulos famosos que nasceram no PS3 temos Uncharted, Infamous, Resistance, Heavy Rain, Last of Us, Beyond Two Souls e Little Big Planet.

PlayStation Vita

Em 17 de dezembro de 2011 nasceu o console portátil mais fantástico de todos os tempos: o PlayStation Vita (Sim, também tenho e prefiro o 3DS, mas vocês vão já entender o que eu quis dizer).

psvita

Ao pegarmos no console, nossa atenção se volta para a bela tela de 5” com iluminação OLED e resolução de 960×544. Simplesmente linda. Temos um processador de 2GHz com 4 núcleos, 512MB de RAM e 128MB de memória dedicada. A tela é touch e a traseira conta com um touch-pad. Temos, também, giroscópio e acelerômetro e, é claro, 2 câmeras (Frontal e Traseira). Tudo isso para criar uma experiência inigualável de jogabilidade, e conseguiram.

Infelizmente, tanto recurso no console deixou ele bem caro se comparado ao concorrente. Isso prejudicou as vendas e, do mesmo modo, o desenvolvimento de novos jogos. Atualmente contamos com alguns jogos fantásticos, a exemplo temos Uncharted The Golden Abyss, Killzone Mercenary, Soul Sacrifice, Unit 13, Resistance Burning Skies e Gravity Rush. São excelentes jogos, mas ainda poucos, por isso o 3DS ganha de forma esmagadora em questão de vendas. Mas ainda tenho minhas esperanças.

Por ser um console novo, ainda é difícil estimar as vendas, mas certamente não chega a metade das vendas de seu concorrente, o 3DS. O que é esperado, já que o que vende consoles são jogos.

PlayStation 4

O mais recente e overpower console da Sony, e o único que ainda não tenho, temos o PlayStation 4. Lançado em 15 de novembro de 2013 o PS4 veio pra completar a oitava geração de consoles de vídeo game.

PlayStation 4 branco *-*

PlayStation 4 branco *-*

Com o poderoso processador de 8 núcleos, 8 GB de memória RAM +256MB para tarefas de segundo plano e o novo DualShock 4, que teve a ergonomia melhorada, bem como os gatilhos e os analógicos (finalmente) e que agora conta com um Touchpad no centro.

PS4 ainda é um console novo, mas temos grandes títulos para ele como Killzone Shadowfall, Infamous Second Son, Knack e promessas para o próximo ano como o belíssimo e mais que aguardado Uncharted 4, The Order: 1886, Gran Turismo 7 e Ratchet & Clank. Em comemoração aos 20 anos do console a Sony lançou um PlayStation 4 edição limitada:

A marca PlayStation, apesar de não fazer parte de minha vida há 20 anos, faz há mais de 10 anos, quando entrei numa locadora pela primeira vez e, acredite ou não, joguei num Playstation (a hora no Playstation 2 era caríssima) e meu carinho por essa empresa só tem crescido desde então.

Já disse várias vezes e vou repetir mais uma: Não importa qual a marca na caixa de plástico. O objetivo de jogar vídeo game é se divertir (ou se irritar nos momentos difíceis), e isso a Sony vem nos proporcionando com grandes títulos ao longo dos anos, e espero que continue fazendo.

Feliz 20 anos e que venham muitos outros mais.