Bem ou mal falem de “Heroes”!

por em 13 de julho de 2015
 

Uma boa série, pra ser boa de verdade não pode ser unanimidade. A controversa saga dos humanos com habilidades especiais criada por Tim Kring e que estreou na NBC no dia 25 de setembro de 2006, se tornando um dos grandes fenômenos da TV mundial, como todas as grandes séries da atualidade tem seus críticos, mas também seus fãs mais cativos.

A primeira temporada foi a responsável por arrebanhar uma legião de fãs e levá-los ao delírio e não demorou muito para bater todos os recordes de audiência e repercussão, mas as sucessivas crises pela qual a produção passaria nas temporadas seguintes fez da série um dos casos mais conhecido tanto de sucesso como de fracasso.

heroes

Aclamada pela crítica, a primeira e enooorme temporada de Heroes teve 23 episódios e alcançou uma média de 14,3 milhões de telespectadores por episódio nos Estados Unidos, conquistando a incrível marca de maior audiência de uma série dramática da NBC em cinco anos.

Inquestionavelmente renovada para uma segunda temporada, a série chegou ao seu segundo ano ainda imbatível e atraiu uma média de 13,1 milhões de espectadores sendo a única série da NBC entre os vinte programas mais vistos dos Estados Unidos durante a temporada 2007-08.

Um total de 24 episódios foram encomendados para a segunda temporada, mas apenas onze episódios foram transmitidos. Por armadilha do destino a série caiu no meio de um vendaval chamado “Greve de 100 dias dos Roteiristas Americanos”, um problema que vitimou muitas outras séries, mas talvez Heroes tenha sido a maior prejudicada, no auge de seu potencial Heroes começou a se complicar e a dar voltas e o que seria uma das maiores promessas da TV Americana naquela temporada se converteu num conjunto de equívocos e sucessivas tentativas de conserto que não funcionaram e o jeito foi abortar a missão.

Em 2008 ainda houve uma tentativa de uma terceira temporada e em 2009 uma quarta com 19 episódios ao todo, mas aí muita gente já havia abandonado o barco, a perda total de foco e desgaste gerado por isso culminou no seu cancelamento deixando muita gente com aquela sensação de “coito interrompido”.

maxresdefault

Mas o tempo passou, o mundo evoluiu, as série ganharam cada vez mais força, a Netfiix chegou para tocar o terror nos canais de televisão e eis que alguém lembou de Heroes e para nossa alegria, chega nos próximos dias aquela que será a tentativa de trazer de volta a era de ouro da série. Reunindo um parcela considerável do elenco original e no formato de minissérie Heroes Reborn já causa burburinho desde o anúncio do seu retorno.

Este ano durante o Super Bowl a NBC divulgou um teaser da série e foi o suficiente pra muita gente, (eu, inclusive) arrancar os cabelos de alegria. Semana passada durante a Comic-Con de San Diego o trailer oficial completo da minissérie foi lançado. O que deu pra ver é que os elementos mais característicos da série original, como trilha sonora, fotografia, e os personagens estão de volta e melhorados, vimos também muitas carinhas novas, que até agradaram e agora é deixar as unhas crescerem até lá pra roê-las todas durante os 13 episódios prometidos.

Heroes: Reborn estreia nos EUA em 24 de setembro com 13 episódios. O título está sendo anunciado como uma série limitada, praticamente uma minissérie, mas ninguém tem duvida de que, se conseguir uma boa audiência, pode terminar tendo mais de uma temporada, quiçá mais algumas tantas.